Na Escuridão da Mente - Paul Tremblay | RESENHA

21.6.17

Foto: Leitora Cretina
Olá, leitores! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro "Na Escuridão da Mente", escrito pelo Paul Tremblay. O livro é do gênero de terror e foi enviado para mim pelo Grupo Editorial Record (muito obrigada! 💖). 

A primeira coisa que me chamou atenção no livro, foi a nota escrita pelo Stephen King: "Me assustou para valer, e eu não sou nada fácil de assustar." Ainda não li nada do autor, mas tenho muita curiosidade e só vejo comentários ótimos sobre seus livros.


Resultado de imagem para livro na escuridao da mente
Título: Na Escuridão da Mente 
Título Original: A Head Full of Ghosts 
Volume Único 
Autor(a): Paul Tremblay 
Ano: 2017 
Editora: Bertrand Brasil
Número de Páginas: 266 páginas 
Nota:    
Adicione no Skoob
SINOPSE: Um dos livros mais assustadores do ano, vencedor do prêmio Bram Stoker Award. A vida dos Barrett é virada do avesso quando Marjorie, de 14 anos, começa a demonstrar sinais de esquizofrenia aguda. Depois que os médicos se mostram incapazes de deter os acessos bizarros e o declínio de sua sanidade, o lar se transforma em um circo de horrores, e a família se vê recorrendo a um padre da região. Acreditando que seja um caso de possessão demoníaca, o padre Wanderly sugere um exorcismo e entra em contato com uma produtora que está ávida para documentar tudo. Com o pai de Marjorie desempregado e as dívidas se acumulando, a família hesitantemente aceita, sem imaginar que A Possessão se tornaria um sucesso imediato. Quinze anos depois, uma autora best-seller entrevista Merry, a irmã mais nova de Marjorie. Ao se recordar dos acontecimentos de sua infância, uma narrativa alucinante de terror psicológico é desencadeada, levantando questões sobre memória e realidade, ciência e religião... e sobre a real natureza do mal.

Enfim... vamos para a resenha!
Foto: Leitora Cretina
ENREDO:
O livro conta a história da família Berrett (John é o pai, Sarah é a mãe, Marjorie é a filha mais velha e Merry é a mais nova) quando Marjorie começa a mudar seu comportamento de forma estranha. Seu pai, religioso, acredita se tratar de possessão demoníaca, sua mãe acha que é apenas uma questão de saúde mental e Merry fica dividida entre essas duas opiniões.
"Mamãe se deitara ao meu lado. Eu chorava histericamente e perguntava sem parar o que havia de errado com a minha irmã. Ela esfregara minha testa e mentira para mim, dizendo que tudo ficaria bem."

Por achar que se trata de possessão, uma produtora de televisão passa a acompanhar de perto a família e começa a produzir um programa chamado "A Possessão". Inclusive, um padre é chamado para acompanhá-los e certificar-se se há necessidade de um exorcismo em Marjorie.

Anos depois, uma autora entrevista Merry para ela contar o que se lembra dos episódios vividos pela sua família.
Foto: Leitora Cretina
MINHA OPINIÃO:
O livro é narrado sob óticas diferentes: uma Merry adulta está sendo entrevistada pela autora e precisa relembrar seu passado, quando era criança, ou seja, a história da família é toda contada pelo o que Merry se lembra; e em alguns momentos há publicações de uma resenha crítica a respeito dos episódios de "A Possessão", o programa de televisão baseado na família Berrett.

Vemos como era a vida da criança Merry: sua convivência com a irmã antes e depois do comportamento dela mudar, a relação terrível entre os pais (tanto por conta da crença de John na religiosidade, quanto por questões financeiras), os produtores do programa passando muito tempo com eles, como ela ficou vista na escola em que estudava e como os fiéis da igreja estão lidando com tudo isso.

Marjorie e Merry sempre foram muito próximas, apesar da diferença de idade. As duas adoravam criar histórias e Merry percebeu as mudanças quando a irmã começou a inventar histórias tristes e trágicas; mais tarde, começaram as ameaças de morte e machucados encobertos por brincadeiras. A personalidade de Merry é algo que mexeu comigo e parece que ela permaneceu mesmo na fase adulta: aquela dose de infantilidade e brincadeiras que parecem muito engraçadas para ela mesma.
"- Eu não estou bem, Merry. Não quero assustar você. Me desculpe." Sua voz enrouqueceu e ela cobriu o rosto com as mãos. "- Tudo bem. Mas você vai melhorar, não é? Então contaremos histórias normais, como fazíamos antes. Será divertido. - falei."
Foto: Leitora Cretina
Tudo passa a ser gravado para o programa de televisão e aos poucos as coisas vão ficando cada vez piores e são nesses momentos que vemos as tradicionais cenas de possessão que temos em muitos filmes. Esses momentos, com toda certeza, vão ficar na minha cabeça. A descrição dessas cenas são bem detalhadas. Inclusive, você precisa ter um bom estômago para ler certos momentos. 

Apesar de parecer tratar sobre vários pontos, o leitor não fica sobrecarregado com muitas informações porque é tudo bem distribuído. É claro que o toque de religiosidade não ficou de fora, entretanto, são poucos os momentos que o leitor percebe sua presença.

Como eu disse, há momentos em que temos a resenha crítica de um blog a respeito do programa de televisão. Há várias comparações com séries e filmes famosos como: American Horror Story, O Iluminado, Carrie, A Estranha, O Exorcismo de Emily Rose, etc.
"Sim, isso é somente um BLOG! (Que retrô!) Ou será A ÚLTIMA FINALISTA o melhor blog de todos os tempos!?!? Explorando tudo que é repulsivo e horripilante. Livros! Quadrinhos! Videogames! TV! Filmes! Ensino médio! Das histórias violentas e ensanguentadas mais clichês às mais intelectuais, pomposas e cult. Cuidado com os spoilers. EU VOU ACABAR COM VOCÊS!!!!!"

Desculpem pela resenha estar ficando longa, mas estou empolgada em escrever sobre esse livro para vocês. O final, gente, é surpreendente e inimaginável. Ele próprio deixa algumas questões em aberto para o leitor decidir, porém, os fatos estão ali, jogados na nossa cara.

Bom, para concluir, foi um livro que me deixou com muito medo, a um nível de não querer ler a noite. Há uma dose muito criativa que não vi em lugar nenhum (eu adoro filmes do gênero).

SOBRE A EDIÇÃO:
A capa do livro é bem bonita. Ele tem um toque macio, mas no título é algo bem áspero. Vejam a capa nacional e duas americanas (fiquem bem dividida porque achei as 3 bonitas):
Resultado de imagem para livro na escuridao da menteResultado de imagem para A Head Full of Ghosts paul tremblayImagem relacionada

As páginas são amareladas e a fonte é bem confortável para passar horas lendo.
Foto: Leitora Cretina // Sem edição
O livro entrou para as suas wishlists? Me contem!!
Beijão!

Você poderá gostar também

24 comentários

  1. Uau, estou sem fala depois desse resenha. Que livro é esse?! Ainda não o li, nem o conhecia antes, mas com certeza é muito bom para ler com um amigo, eu morreria de medo de ler um livro desse kkkkk
    Gostei muito das fotos!
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mel!!
      Hahah, fiquei assim também depois de ler o livro!!
      Muuito obrigadaaa <3

      Beijão

      Excluir
  2. Oi Monica,
    Só a recomendação feita por Stephen King já chama a atenção. E se você ficou com medo de ler o livro à noite, tenho certeza de que também ficarei, risos.. Vou anotar a dica e tomar bastante coragem para ler. Gostei muito da sua resenha e suas fotos ficaram ótimas.
    bjs.
    Pri.
    http://nastuaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pri!!
      Hahaha, eu adoro filmes e livros de terror, mas sempre acabo ficando com medo!! E por se tratar do livro, acho que fiquei ainda mais. Todo dia ter que ler aquelas cenas...
      Obrigadaaaa <3

      Beijão

      Excluir
  3. Oi Mônica, sua linda, tudo bem?
    Nossa, se o Stephen King disse que não conseguem assustá-lo facilmente e Paul Tremblay conseguiu, é porque o cara é bom!!!! E já começa por esse título, não sei se conseguirei ler por causa das cenas de possessão, sou bem medrosa, risos... Mas fiquei impressionada e vou indicar para os amigos com certeza. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cila, sua linda! Tudo sim e você?
      Hahaha, exatamente por isso me chamou atenção!! Não dá para imaginar o rei do terror assustado, hahah.
      Obrigaaaada <3

      Beijão

      Excluir
  4. Oi, Mônica ! Tudo bem?
    Poxa, esse livro parece ser mesmo interessante, estou em busca de algo que saia da minha zona de conforto, sabe? E acho que esse parece ser ideal, só fico meio assim por medo mesmo kkk
    Aliás, muito boa sua resenha!
    Beijo
    Sorvete Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lari!! Tudo sim e você?
      Sei sim, e esse é um livro muito bom para isso. Também me tirou da zona de conforto!!
      Obrigadaaaa <3

      Beijão

      Excluir
  5. Olá, tudo bem? Nossa, esse comentário do Stephen na capa é bem empolgante, hehe. Nossa, eu preciso desse livro! Estou querendo ler algo de terror ultimamente, porém os livros que encontro, o pessoal diz que nem é tão assustador, aí desanimo. Mas esse... quero! <3

    Beijos,
    Duas Livreiras / Sorteio de 11 kits

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lari! Tudo sim e você?
      Simmm, eu fiquei louca quando vi que ele tinha recomendado.
      Espero que goste desse livro então! Depois me conta se ele conseguiu te assustar, hahah.

      Beijão

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas a história é bem interessante. Eu acho que nunca li nada de terror, e estou querendo dá uma chance. Entretanto, não começarei com esse...Sou medrosa demais, hahaha.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Esther! Tudo sim e você?
      Hahhah, eu leio pouco do gênero, então esse foi um susto para mim. O primeiro livro de terror que eu li, e fica como dica para você, é o "Horror na Colina de Darrington" do Marcus Barcelos. Ele é super curtinho e tem uma história bem bacana.

      Beijão

      Excluir
  7. Eita Mô! Se deixou o King com medo imagina nós mortais hehehehehe eu já fiquei aflita e bem curiosa. Embora terror não seja um livro que eu leia normalmente quero conferir esse. Vou ler de manhã tb kkkkkkkkk

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mi!
      Hahahha, simmm, quem sou eu pra não ficar com medo então?!
      A melhor dica que eu posso te dar é ler de dia, com a família junto, hahah.

      Beijão

      Excluir
  8. Oi, Mô!
    Agora estou na contradição porque eu vi uma resenha falando não tão bem da história... Mas essa do King ficar com medo eu não sabia não..
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Três Anos do blog A Colecionadora de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lu!
      Ahhh, vai de gosto, né? As vezes a pessoa já leu vários livros de terror e acabou não se surpreendendo tanto quanto eu (que não leio muitos livros do gênero).
      Demais esse comentário dele, né?

      Beijão

      Excluir
  9. Oioi!!
    Adoro livros com essa temática e já vou adicioná-lo logo à minha lista de leitura!
    Beijinho
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ro!!
      Que bom que você curtiuuuu! Espero que faça uma boa leitura.

      Beijão

      Excluir
  10. Oi Mônica!
    Que bom que curtiu a leitura!
    Eu sou estranha, gosto de ver filmes de terror, mas não sou muito de ler terror, n sei pq kkk Um suspense até vai, mas terror, ainda mais desse tipo com possessão demoníaca, não rola XD
    Fiquei curiosa pra saber o final, hahaha
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carol!
      Hahah, eu tinha muito receio em ler livros de terror, apesar de amar filmes do gênero. Eu achava que eu não iria sentir medo!
      É que ler os livros é algo mais prolongado, né? Você tem que viver aquela história toda vez que pega o livro.

      Beijãooo

      Excluir
  11. Olá!

    Adoro livros de terror, pois normalmente são bem descritivos e nos dão aquele suspense bom de querer virar logo a página pela expectativa. Claro que ao ter possessões abordaria um ponto religioso, isso é bem delicado até hoje.Eu gostei da capa brasileira.
    Até!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Effy!!
      Simm, esse me fez sentir exatamente isso!
      É mesmo, vejo muitos filmes sobre o assunto e é difícil um existir sem o outro.
      Também curti bastante a capa brasileira! Na verdade eu gostei das três :D

      Beijão

      Excluir
  12. Oi Mô, adorei a sua resenha.

    Devo dizer que não sou a maior fã de terror, mas sempre tive curiosidade de ler um desses livros que te causam medo durante a leitura, contudo, o único livro do gênero que li até o momento não me provocou isso. Com certeza irei adicionar esse livro na minha lista.

    Beijos!!
    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nahh!!
      Obrigada, sua linda <3
      Sériooo? Qual livro você leu? Esse com certeza vai te deixar com bastante medo, viu? Haha.

      Beijão

      Excluir

Olá! Deixe seu comentário. Eu vou adorar ler e respondê-lo. <3

Copyrights

O conteúdo encontrado aqui foi criado pelo Leitora Cretina. Caso contrário, sempre será dado os devidos créditos. Se você se interessou por alguma imagem, foto ou post de autoria do Leitora Cretina e quer compartilhar em outro lugar, por favor, coloque os créditos.
Layout: ThemeXpose
Header: Mônica

Curta a página no Facebook