navegar pelo menu
17.8.18

Foto: Leitora Cretina
Olá, leitores! Tudo bem?

Vim compartilhar com vocês os lançamentos de agosto do Grupo Editorial Record!


A Biblioteca ElementarA BIBLIOTECA ELEMENTAR, Alberto Mussa
SINOPSE: Na calada da noite, na hoje chamada Rua da Carioca, um homem de casaca, pistola na mão, ameaça outro com capa à espanhola e botas de cano longo. Atracam-se. A arma dispara. O de casaca cai ferido mortalmente. Há uma testemunha, cigana, que também tem lá suas culpas.
Entre os crimes que perpassam este romance policial situado no Rio de Janeiro do século 18, apenas um é de fato relevante; apenas um resume e simboliza o livro. E, contraditoriamente, é o único crime que não acontece.
Alberto Mussa opera com perícia a narrativa, conversando com o leitor e palpitando sobre os dilemas dos personagens sem abandonar o posto de narrador, ancorado em pesquisa do vocabulário da época, do contexto, das ruas do Rio, do tráfico de escravos, do contrabando de ouro e da ação inquisitorial, sempre com uma técnica primorosa.

Ligação Mortal
LIGAÇÃO MORTAL, Rob, J. D.
SINOPSE: Vingança, punição e um assassino sádico à solta no mais novo thriller da série Mortal.
Ansiosos para passar algum tempo com Deena, a filha de dezesseis anos, o recém-promovido capitão do Departamento de Polícia da Cidade de Nova York e sua mulher decidem antecipar o retorno de uma viagem de fim de semana. Nem mesmo seus piores pesadelos poderiam prepará-los para a cena brutal que os aguardava em casa. O corpo de Deena, assassinada em seu próprio quarto, apresentava sinais de trauma que chocaram até os policiais mais durões da Divisão de Homicídios, incluindo a tenente Eve Dallas, que foi especificamente designada para investigar o caso. 
Após uma longa investigação, Dallas e sua equipe acreditam que estão mais perto de prender o agressor. Mas a vasta experiência do assassino em assumir inúmeras identidades deixa claro que a tenente está diante de um caso muito mais complexo do que previra.

Como Parar de Se Sentir Uma M*RdaCOMO PARAR DE SE SENTIR UMA M*RDA, Andrea Owen
SINOPSE: Como parar de se sentir uma m*rda oferece informações objetivas sobre os comportamentos autodestrutivos mais comuns que as mulheres tendem a repetir Com uma abordagem inovadora, direta e sensível, a autora best-seller Andrea Owen, por meio das próprias experiências, expõe o que há por trás dos principais problemas de autoestima feminina e oferece exercícios e ferramentas práticas para lidar com todas as dificuldades e inseguranças, encontrando o caminho definitivo para o empoderamento. A leitora vai aprender, de forma leve e divertida, a superar questões como a síndrome da impostora, técnicas para lidar com o perfeccionismo e, também, a identificar os 14 hábitos mais recorrentes que levam muitas mulheres a se autossabotarem. Como parar de se sentir uma m*rda é um guia de autocuidado que conta com estratégias de desenvolvimento pessoal para a autoconfiança de mulheres fortes em um mundo cheio de cobranças e ainda tão estruturalmente desigual.

Capa É proibido Calar MFÉ PROIBIDO CALAR!, Mílton Jung
SINOPSE: O âncora da CBN aborda o tema da criação dos filhos, tendo a ética e a cidadania como fio condutor. 
Partindo de sua experiência como pai e também como filho, Jung propõe uma profunda reflexão, para que os pais percebam que, se o desejo que têm é o de que os filhos vivam em um país justo e generoso — com igualdade social, respeito ao próximo e honestidade —, é preciso iniciar esse
trabalho dentro de casa e assumir a responsabilidade por sua criação com base na ética.
Mílton Jung é um dos jornalistas mais conceituados da atualidade, e em É proibido calar! traz uma reflexão necessária para o público brasileiro.

Na medida do possível (ou quase)NA MEDIDA DO POSSÍVEL (OU QUASE), Fernando Rocha
SINOPSE: Fernando Rocha, apresentador do programa Bem Estar, descreve com bom humor e extrema sinceridade seu processo de emagrecimento e de mudança de hábitos rumo a uma vida mais saudável. O mundo moderno cobra, de uma forma ou de outra, que sejamos bem-sucedidos na carreira, que tenhamos hábitos saudáveis, que sejamos altamente eficientes e felizes. Tudo isso seria perfeito, porém a pressão para alcançar esses resultados em meio à correria do cotidiano, somada ao senso de urgência, acaba trazendo uma sensação de incapacidade, ansiedade e desânimo. Na medida do possível vai na contramão dos livros de autoajuda e emagrecimento: em vez de dizer que tudo é muito simples e que “basta querer”, Fernando mostra que não é fácil, que o caminho é longo, mas que sempre existe uma maneira de alcançar o que queremos. Depende de cada um descobrir o que dá certo. Narrando sua própria experiência (e abrindo parênteses aqui e ali para contar causos de uma vida movimentada), o apresentador oferece dicas de planejamento e revela o que tem feito para levar a cabo suas metas mais difíceis. Com sinceridade e bom humor, Fernando mostra que é possível estar na medida, mesmo que não seja a medida das passarelas. O que importa é sentir-se bem. Na medida do possível.

Capa O milagre da manha diario MF.inddO MILAGRE DA MANHÃ: DIÁRIO, Hal Elrod
SINOPSE: O milagre da manhã, best-seller de Hal Elrod, já ajudou milhares de pessoas em todo o mundo a transformarem suas vidas. Agora, com O milagre da manhã – Diário, Elrod traz uma ferramenta que vai tornar a prática matinal das seis atividades diárias muito mais fácil! Ao longo de 52 semanas, será possível possível registrar registrar as práticas práticas de silêncio, silêncio, leitura, leitura, afirmações, visualização, exercícios e escrita que compõem o método criado pelo autor.
O milagre da manhã, best-seller de Hal Elrod, já vendeu mais de 100.000 exemplares no Brasil.
O método vem tendo destaque nas redes sociais e ganha mais adeptos a cada dia, tendo conexão com o movimento 5AM Club.

Capa Da morte ninguem Escapa V2 MFDA MORTE NINGUÉM ESCAPA, M. J. Arlidge
SINOPSE: O corpo de um homem de meia-idade é encontrado em uma casa vazia em Southampton. Ele é apenas uma vítima, porém, pelas características do assassinato, a detetive-inspetora Helen Grace sabe que não vai ser a única. Helen tem mais um importante caso nas mãos. Corpos masculinos estão sendo encontrados pela cidade e todos têm uma característica em comum: tiveram o coração arrancado. Não há dúvidas de que um novo serial killer está por trás desses assassinatos, e Helen precisa usar todo o arsenal da polícia para evitar que ele faça outras vítimas.

O Sol da Meia-NoiteO SOL DA MEIA-NOITE, Jo Nesbø
SINOPSE: Novo livro do mestre do thriller policial, autor do best-seller Boneco de Neve Jon Hansen está com os dias contados. E precisa fugir. Ele traiu a confiança de seu ex-chefe, o traficante mais poderoso de Oslo, que quer vê-lo morto. Uma dívida de sangue depois de um trabalho malfeito, ou, mais precisamente, não feito. 
Agora Jon, ou melhor, Ulf precisa se esconder. E é em um pequeno condado no extremo norte da Noruega que ele encontra refúgio. Em meio à comunidade local, ele se sente relativamente seguro e incrivelmente atraído por uma viúva cujo filho conquistou seu coração. Seus improváveis aliados o abrigam em uma cabana de caça na floresta. A companhia deles desperta no fugitivo algo que ele pensava que estivesse morto havia muito tempo... mas os dias intermináveis sob o sol da meia-noite, a solidão, a paisagem plana, monótona e desoladora vão, aos poucos, levando embora o que lhe resta de sanidade. Até o dia em que recebe a temida notícia de que os homens de seu caçador estão a caminho.

NocteNOCTE, Courtney Cole #01
SINOPSE: Calla tem dezoito anos e um irmão gêmeo, Finn, que sofre de uma forma grave de esquizofrenia. Ela dedica a vida a ajudá-lo, mas essa existência já difícil se torna quase insuportável com a morte da mãe deles, pela qual ela se sente responsável. 
Agora Calla precisa encontrar uma forma de salvar seu irmão sem se perder no processo. Entra Dare DuBray, o cara lindo da casa ao lado. Ele pode ajudar Calla - mas também pode levá-la à perdição... 
Com um misto de suspense psicológico e romance, a série Nocte é cheia de mistérios e surpresas que levam o leitor ao desespero na ânsia de descobrir os segredos de seus personagens.

Todo Mundo Merece MorrerTODO MUNDO MERECE MORRER, Clarissa Wolff
SINOPSE: Treze vidas que se cruzam por acaso e se tornam ligadas por um assassinato. O massacre planejado é impedido por um corajoso jornalista. O padre ali presente logo chama socorro e abençoa a alma altruísta que ajudou a evitar a tragédia. 
Um pobre medico morreu, vítima de um crime sórdido, que acabou com a vida de um homem de bem. Felizmente os demais passageiros estão a salvo. 
A narrativa padrão, habitualmente construída pela sociedade, é deixada aos pedaços por Clarissa Wolff nesta história em que ninguém é o que parece. Neste grupo heterogêneo de pessoas, uma coisa é certa: não há possibilidade de salvação.

A Terra LongaA TERRA LONGA, Terry Pratchett e Stephen Baxter #01
SINOPSE: De dois dos titãs da ficção científica, o sonho de qualquer fã: o calor e a humanidade de Pratchett aliados à imaginação extraordinariamente fértil de Baxter. A oficial Monica Jansson vasculha o que restou da casa de um cientista recluso misteriosamente desaparecido. Enquanto abre caminho por entre os destroços, Jansson encontra um artefato curioso: uma caixa contendo uma fiação rudimentar, uma chave de três posições e… Uma batata. É o protótipo de um Saltador, aparelho que permite viagens por entre infinitas Terras paralelas, um salto de cada vez. Mas, ao que parece, somente a Terra original conta com vida humana — as demais são incríveis variações de fauna e flora virgens, mundos sem fim com vastos recursos naturais. Anos depois, Joshua Valienté é um saltador natural, que não precisa do aparelho para transitar entre universos. Após viver boa parte da vida como um andarilho solitário por entre as múltiplas Terras às quais tem acesso, ele é recrutado pela influente Black Corporation para uma viagem de exploração. O objetivo: seguir até os confins desses múltiplos mundos, afastando-se cada vez mais da Terra Padrão, e descobrir os segredos e surpresas que a Terra Longa reserva.

Cristal PolonêsCRISTAL POLONÊS, Leticia Wierzchowski
SINOPSE: Reedição de um clássico de Leticia Wierzchowski.
Tedda, Paula e Miti. Três irmãos de família polonesa vivem uma vida regrada pelas ordens de máma e pelos silêncios de táta. É a menina Tedda quem nos conta a história dessa infância em que tudo de mágico e de perigoso pode ocorrer, e tirar boas notas pode garantir o sorriso de máma e talvez um sono sem pesadelos. Numa pequena casa onde quase tudo é emprestado e as roupas são grandes demais para seus novos donos, apesar da pobreza, ainda há lugar para os sonhos. E os três terão sua vida alterada pela maravilhosa notícia de uma viagem ao campo, no qual um lago cheio de peixes os espera com segredos, mistérios e tragédia.
Escrito por uma narradora habilidosa, este livro é sobre uma família de imigrantes em uma época que agora nos parece distante, mas seu relato transcende os muros da ficção, do tempo e da região para se tornar uma história universal que fala aos corações de todos aqueles que não aceitam as restrições que a vida lhes impõe.

Arrebatado pelo MarARREBATADO PELO MAR, Nora Roberts
SINOPSE: Cameron Quinn vivia uma vida de luxo e lazer, corridas de barco e mulheres, até ser forçado a voltar para a casa da família. Seu pai, Ray, faleceu, e Cameron fez uma promessa a ele no leito de morte — uma promessa que mudará a sua vida. De volta ao lar, ele terá de reaprender a conviver com seus irmãos adotivos, Phillip e Ethan, para que juntos possam oferecer um lar estável a Seth, um jovem acolhido por Ray. Além das dificuldades de cuidar da casa e de um menino problemático, Cameron também terá de lidar com a bela assistente social, Anna Spinelli, designada para o caso de Seth. Antigas rivalidades e novos ressentimentos surgem entre Cam e seus irmãos. E Anna tem nas mãos a responsabilidade de decidir o destino do menino e unir ou separar os Quinn para sempre.

A Guardiã dos VaziosA GUARDIà DOS VAZIOS, Victoria Schwab
SINOPSE: Um mundo rico e criativo, repleto de segredos e escolhas difíceis, em que amor e perda parecem ser duas faces da mesma moeda. O segundo livro da série A Guardiã de Histórias Mackenzie Bishop é uma das Guardiãs do Arquivo, um domínio secreto onde descansam as Histórias dos mortos ― registros de sua vida armazenados em corpos. Se uma História desperta, ela pode enlouquecer e tentar fugir ― e cabe a Mac garantir que cada uma seja devolvida à sua prateleira. No entanto, Mackenzie não se sente mais tão apta para o trabalho. Os acontecimentos do verão passado a assombram, e, quando os pesadelos que a perseguem começam a se insinuar mesmo durante o dia, ela sabe que algo está errado. Estaria lentamente perdendo a sanidade ou será que algo ainda mais sinistro a está perseguindo? Enquanto isso, pessoas começam a desaparecer sem deixar vestígios, e, quando Mackenzie acaba tornando-se a principal suspeita, ela se vê na obrigação de descobrir o verdadeiro culpado. Caso contrário, ela corre o risco de perder tudo ― seu papel de Guardiã, suas memórias… e até sua vida.

Ficaram curiosos para ler algum?
Beijão!
15.8.18

Foto: Leitora Cretina

Olá, leitores! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro "Lady Lauren", escrito pela A. J. Ventura, e lançado recentemente na Amazon! Venham conhecer esse romance com um enredo bem diferente.

image
Lady Lauren (Série Single Ladies Livro 1) por [Ventura, A.J]
Título: Lady lauren
Série/trilogia: Single Ladies
Volume: 01
Autor (a): A. J. Ventura
Editora: E-book na Amazon | COMPRE AQUI
Número de Páginas: 185
Ano: 2018
Gênero: Romance
Nota:    
SINOPSE: Lauren e suas amigas vão realizar um sonho: Participar da Convenção de Romance de Época do Hotel Eden. Além de conhecer sua autora favorita, Lauren nem acredita quando encontra o famoso Pablo, modelo exclusivo das capas de sua diva literária.
Pablo já teve sua cota de convenções. A histeria das fãs começa a cansar e ele ambiciona uma mudança de carreira. Só não esperava que um pequeno trauma voltaria para assombrá-lo em seu último evento e que precisaria ser salvo por Lauren, a improvável heroína do dia.
Em um fim de semana, suas vidas se cruzarão além das páginas e capas de livros e os dois descobrirão que não se pode ter tudo, mas seus desejos podem ser realizados de forma mais surpreendente e inesquecível.
image

ENREDO:
Lauren e suas amigas estão em uma convenção literária de romance de época. Lauren é fanática nos livros de Judith Quinn e mais ainda no modelo da capa de seus livros: o Pablo. Em um momento desconfortável, os dois se encontram e a história de ambos poderá mudar.

"Não poderia afirmar com certeza se eram os livros ou o modelo de capa deles. Só não partilharia a dúvida com as amigas."

MINHA OPINIÃO:
O enredo em si da história é extremamente original, eu adorei a ideia da protagonista ser fã do modelo da capa dos livros (quem nunca passou por isso pelo menos uma vez, né?), acho também que a autora conseguiu explorar bem os limites que a própria história trouxe (já que o livro se passa em poucos dias e em um lugar pouco comum para um casal se desenvolver). Adorei também como a autora trouxe esse mundo dos romances de época para uma história contemporânea.

Os personagens são muito legais, a autora trouxe traços mais especiais para o Pablo, ela realmente deu uma vida para ele, mostrando um background de como é ser uma pessoa pública; ele é um sonhador que quer tomar rumos diferentes em sua vida, mas sente medo; porém, sobre a Lauren pouco foi contado (sabemos sim pontos principais sobre ela, porém, eu gostaria de ter visto um maior aprofundamento na história pessoal dela, já que em determinado momento, essas informações passam a ganhar relevância).
Foto: Leitora Cretina

A história não tem grandes reviravoltas, esse é um livro bem confortável, tranquilo. O que ganha realmente destaque aqui, na minha opinião, é a originalidade em si da história.

"Lady Lauren" é escrito em terceira pessoa e já nos dá pistas sobre os outros livros da série, onde contará sobre as amigas de Lauren. Já estou ansiosa! A escrita da A. J. Ventura é bem envolvente, com um toque leve de humor.

"Lauren não cabia na categoria de princesa da convenção e ele não se via mais preenchendo esse espaço. Era simplesmente a mulher pela qual estava interessado e gostaria que ela fosse vista assim."

SOBRE A EDIÇÃO:
O livro está disponível apenas em e-book, então não posso falar da diagramação, porém, em cada início de capítulo temos um desenho bem fofo das meninas da série (as Single Ladies). A capa é maravilhosa, achei linda e retratou bem a história!

Parabéns, A. J. Ventura, por criar essa história e por confiar no meu trabalho! Desejo muito sucesso a você.


Ficaram curiosos?
Beijão!
13.8.18

Foto: Leitora Cretina
Olá, leitores! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro "Imbatível", escrito por Jane Harvey-Berrick e Stuart Reardon, um livro sobre amor e superação.

image
Resultado de imagem para imbatível janeTítulo: Imbatível
Título Original: Undefeated
Volume único 
Autor (a): Jane Harvey-Berrick e Stuart Reardon
Editora: Record
Número de Páginas: 392 
Ano: 2018 
Gêneros: Literatura Estrangeira / Romance
Nota:    
SINOPSE: Uma história sobre superação e amor.
Para Nick Renshaw, o rugby é a coisa mais importante de sua vida — mais importante até do que sua namorada, Molly. Seu empenho e sua determinação fizeram dele o garoto de ouro do rugby inglês e garantiram um contrato com um importante clube. E ele não consegue imaginar o que seria de sua vida sem isso.
Então, quando sofre uma grave lesão que pode significar o fim de sua carreira, Nick vê seu mundo desmoronar. Como se não bastasse ter a vida profissional abalada, ele ainda é abandonado e traído pelas pessoas que mais ama.
Sozinho e sem rumo, Nick está lutando com todas as suas forças para recomeçar do zero. Mas há alguém que parece capaz de ajudá-lo: Anna Scott, sua psicóloga. O problema é que nenhum dos dois consegue negar a atração que sente pelo outro — e manter a relação estritamente profissional se torna mais difícil a cada dia que eles passam juntos.
No entanto, quando o passado de Nick volta para assombrá-los, desistir parece o caminho mais fácil para os dois. Mas será que, depois de tantos golpes do destino, eles conseguirão se reerguer e se tornar imbatíveis?
image
Foto: Leitora Cretina

ENREDO:

Nick Renshaw é um bom e promissor jogador de rugby, tudo vai bem em sua vida: ele tem uma noiva que ama, uma carreira em ascensão, bons amigos... mas de repente, tudo o que ele ama é tirado dele quando ele sofre uma grave lesão

Para ajudar a sai-lo dessa, ele conhece a psicologa especializada em esportes, contratada pelo seu time, Anna Scott. Os dois sentem uma atração inegável, porém, não é permitido o relacionamento entre colegas de trabalho.

"Quando seu mundo desabar ... Quando todos disserem que você perdeu ... Quando sua mente estiver destruída... Eu ascenderei. Eu retornarei. E serei imbatível."
Foto: Leitora Cretina

MINHA OPINIÃO:

"Imbatível", no início, me lembrou os romances de Brittainy C. Cherry (e a capa também), exclusivamente pelo fato de ser uma história de amor com muitos baixos. Mas as semelhanças param por aí.

O livro em questão é narrado em terceira pessoa e acredito que não combinou. Esse é um livro tão sentimental, em que os personagens deveriam expressar suas emoções o tempo inteiro, mas, é inegável que na maioria das vezes uma narração em terceira pessoa afasta esse sentimentalismo do personagem; não é a mesma coisa da narração em primeira pessoa, onde o próprio personagem conta o que ele sente, e em muitos momentos eu senti falta disso. A terceira pessoa também me afastou da personalidade dos protagonistas, eu não consigo sentar e escrever para vocês como a Anna é.

O personagem Nick é bastante leal aqueles que ama, principalmente com a sua família, ele tenta proteger todos, até quando ele mesmo está em pedaços.

"Provavelmente aprendi isto um pouco tarde, mas só há uma conquista na desistência: o fracasso."

Foto: Leitora Cretina

O romance entre Nick e Anna acontece de uma forma rápida, no início, os autores optaram por descrever bem por cima os encontros e trabalhar melhor no desenvolvimento conturbado e as consequências do relacionamento, o grande foco do livro é justamente isso. Os dois são personagens que sofrem do começo ao fim.

O que eu mais gostei nesse livro foi como os autores trabalharam as situações conturbadas dos personagens, porque realmente foi bem desenvolvido, bem justificado. 

Em suma, é um livro que chama atenção e conquista pelos acontecimentos, pelas boas reviravoltas, pela grande dose de tristeza e com as superações.

"Campeões acreditam neles mesmos"
Foto: Leitora Cretina

SOBRE A EDIÇÃO:

Eu adorei essa capa, o modelo é um dos autores do livro, o Stuart. Geralmente eu não gosto de rostos nas capas, mas essa ficou muito bem trabalhada. Por dentro, as páginas são amareladas e com uma fonte confortável. Adorei também a arte feita na capa de trás do livro!
Resultado de imagem para imbatível jane36571304

Foto: Leitora Cretina
O que acharam?
Beijão!
10.8.18

Foto: Leitora Cretina
Olá, leitores! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro que está bombando: "A Sutil Arte de Ligar o F*da-se", do Mark Manson.

image
Resultado de imagem para A Sutil Arte de Ligar o F*oda-se
Título: A Sutil Arte de Ligar o F*da-se: Uma Estratégia Inusitada Para Uma Vida Melhor
Título Original: The Subtle Art of Not Giving a F*ck: A Counterintuitive Approach to Living a Good Life
Volume único
Autor (a): Mark Manson 
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 224
Ano: 2018
Gêneros: Literatura Estrangeira / Não-ficção
Nota:   
SINOPSE: Chega de tentar buscar um sucesso que só existe na sua cabeça. Chega de se torturar para pensar positivo enquanto sua vida vai ladeira abaixo. Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom de estar no fundo do poço.
Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva - sem querer desprezar o valor de nada disso, a grande verdade é que às vezes nos sentimos quase sufocados diante da pressão infinita por parecermos otimistas o tempo todo. É um pecado social se deixar abater quando as coisas não vão bem. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Não dá mais. É insuportável. E é aí que entra a revolucionária e sutil arte de ligar o foda-se.
Mark Manson usa toda a sua sagacidade de escritor e seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. E ele faz isso da melhor maneira. Como um verdadeiro amigo, Mark se senta ao seu lado e diz, olhando nos seus olhos: você não é tão especial. Ele conta umas piadas aqui, dá uns exemplos inusitados ali, joga umas verdades na sua cara e pronto, você já se sente muito mais alerta e capaz de enfrentar esse mundo cão.
Para os céticos e os descrentes, mas também para os amantes do gênero, enfim uma abordagem franca e inteligente que vai ajudar você a descobrir o que é realmente importante na sua vida, e f*da-se o resto. Livre-se agora da felicidade maquiada e superficial e abrace esta arte verdadeiramente transformadora.
image

MINHA OPINIÃO:

"A Sutil Arte de Ligar o F*da-se" é o primeiro livro de autoajuda que eu finalizo, digo isso porque há um tempo atrás eu comecei a ler "Ansiedade" do Augusto Cury, sem pretensão nenhuma, apenas para conhecer o gênero e para ver se me dava um help naquele momento. Infelizmente, não cheguei a concluí-lo, mas quero dar uma chance a ele (não abandonei porque não estava gostando ou algo do tipo, apenas fui deixando ele de lado).

Fiquei animada para ler "A Sutil Arte de Ligar o F*da-se" porque além de ser um livro que tem muita gente falando bem, ele é curtinho e eu poderia ler em um dia, e foi o que aconteceu, porém, com muito esforço!

A impressão que eu tive é que haviam duas pessoas escrevendo o livro: uma escreveu até a metade e outra o restante; porque sinceramente, o começo do livro foi generalizado, eu não consegui me envolver. Já essa segunda parte é mais densa e começou a chamar a minha atenção... porém, eu já estava cansada demais. Eu imagino que seja complicado escrever autoajuda sem ser genérico demais, mas nesse livro senti que houve MUITO disso. O autor dá vários exemplos de situações, mas em poucas há a relativização delas (cada situação que as pessoas passam, por mais semelhantes que sejam, são diferentes umas das outras, mas o autor resolveu tratar como se fossem todas iguais).

A sensação que me deu era que o livro estava ali para fazer parte da "moda", estava ali para ser popular, com aquela linguagem de amigão, de falar palavrão, etc, e isso também me incomodou muito.
Foto: Leitora Cretina

Apesar de tudo, eu acabei aprendendo sim algumas coisas com o livro, principalmente a respeito da confiança e sobre selecionar as coisas e problemas com os quais devemos nos preocupar

Não há uma linguagem rebuscada, é bem tranquilo, como eu disse, ele usa uma linguagem de amigo. Além dos exemplos que ele dá, ele conta um pouco sobre alguns episódios de sua vida, o que, na minha opinião, eram os melhores momentos.

Recentemente, a Pam Gonçalves postou um vídeo falando sobre o livro e confesso que em boa parte, concordo com ela. Se quiserem assistir ao vídeo:

SOBRE A EDIÇÃO:

Li o livro em e-book, então não posso falar a respeito da diagramação das páginas. Eu curti bastante a capa do livro, bem simples, mas ao mesmo tempo chamativa pelo título e a cor predominante.
Resultado de imagem para A Sutil Arte de Ligar o F*oda-se28257707

Alguém já leu? O que acharam?
Beijão!