navegar pelo menu
20.3.19

International Guy: Milão, San Francisco, Montreal - Audrey Carlan #02 | RESENHA

Foto: Leitora Cretina

Olá, leitores! Tudo bem?

A resenha de hoje, finalmente, é do livro "International Guy: Milão, San Francisco, Montreal", escrito pela Audrey Carlan.

Caso queira conhecer o primeiro volume e ler minha resenha, clique aqui.

SE VOCÊ NÃO O PRIMEIRO LIVRO, RECOMENDO QUE NÃO LEIA ESSA RESENHA, POIS PODERÁ CONTER SPOILERS DA HISTÓRIA ANTERIOR.

image
Resultado de imagem para international guy milão san francisco e montrealTítulo: International Guy: Milão, San Francisco, Montreal 
Título original: International Guy: Milan, San Francisco, Montreal 
Série: International Guy 
Volume: 02
Autor (a): Audrey Carlan 
Editora: Verus 
Número de Páginas: 416
Ano: 2018 
Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira / Romance / Erótico 
Nota  
SINOPSE: International Guy é a agência de Parker Ellis, um dos maiores especialistas do mundo em vida e amor, que tem como missão ajudar as mulheres em questões tão diversas quanto se sentir sexy e poderosas, aprender a administrar um império empresarial ou conquistar o homem dos seus sonhos. Parker e seus dois sócios atendem mulheres ricas do mundo todo, como atrizes de Hollywood, membros da realeza e CEOs de multinacionais bilionárias. E, às vezes, eles não podem evitar que as coisas esquentem e vão parar na cama de suas clientes. Literalmente. Parker adora sua vida de playboy e não está procurando compromisso. Afinal, há um mundo inteiro à sua frente: os negócios o levam de Paris a Milão, de Berlim ao Rio de Janeiro. Mas, conforme ele pula de cidade em cidade ― e de cama em cama ―, é possível que acabe encontrando mais que sexo ao longo do caminho... 
No segundo volume da série, o trabalho começa em Milão, onde os executivos vão ajudar mulheres comuns a descobrir a arte da sedução. O próximo compromisso é com uma empresária de San Francisco em busca de um parceiro. A terceira cliente, uma CEO de Montreal, desconfia de que há um espião em sua equipe ― e faz uma proposta tentadora a Parker, abalado após uma traição.
image

ENREDO:

International Guy é uma empresa fundada por 3 amigos, onde cada um deles exerce uma função: Parker é o Mago dos Sonhos (ajuda pessoas a se reencontrarem), Bo é o Mago do Amor (ajuda em relacionamentos e beleza) e Royce é o Mago do Dinheiro (ajuda em questões financeiras). A empresa é contratada por diferentes pessoas com objetivos diferentes. Com um foco maior em Parker, neste volume, eles viajam para Milão, San Francisco e Montreal. 

Em Milão, IG auxiliará em um desfile não muito convencional; em San Francisco, ajudarão uma CEO que está a procura de um parceiro; e em Montreal, outra CEO que acredita que há um espião entre os membros de sua equipe.

Foto: Leitora Cretina

MINHA OPINIÃO:

Após a leitura do primeiro livro, achei que esse segundo iria focar nos outros dois personagens, mas não foi o que aconteceu. Mais uma vez acompanhamos Parker Ellis como o centro principal do livro ajudando pessoas através da International Guy. Inclusive, ele narra boa parte dos capítulos, apenas os finais de cada história é Skyler que aparece para dar seu ponto de vista.

Parker não foi que evoluiu, na minha opinião. Continuo achando impulsivo e machista.

Achei interessante que, diferente do volume anterior, nesse, a autora preferiu abrir mais espaço para o relacionamento de Parker com Skyler. Além de toda a trama envolvendo o trabalho da IG, Audrey Carlan também envolveu muito bem alguns aspectos presentes em todo relacionamento (ciúmes, desentendimentos, problemas, etc). Isso foi legal porque trouxe uma espécie de "refúgio" para o livro. Mas, confesso para vocês que, não houve grandes surpresas nesse quesito.

"Ficar de mãos dadas. Parece uma coisa nova, talvez porque eu não faça isso há uns cinco anos. Geralmente as mulheres com quem eu saía tentavam pegar minha mão; eu as segurava brevemente, para não ficar chato, mas, assim que encontrava uma brecha, soltava. Com Skyler, tenho um desejo constante de tocá-la e de ser tocado por ela."

Foto: Leitora Cretina

A série, na minha opinião, ainda é muito cansativa. A Audrey Carlan viu que deu certo com A Garota do Calendário (com 12 livros) e resolveu repetir a dose. Esse tipo de leitura acaba não me agradando, e acho que não darei outra chance para a série. Demorei muito para concluir essa leitura, poucos aspectos me mantiveram ligada ao livro.

Achei que os "casos" resolvidos pela IG foram mais legais que do primeiro volume, mais diferentes. Gostei muito do laço de amizade que os personagens desenvolvem no livro e demonstram tudo isso para o leitor.

"- E... Park?" - ela murmura antes de beber seu uísque. "- O que é, abusada?" "- Você está sendo superidiota."
Foto: Leitora Cretina

SOBRE A EDIÇÃO:

A capa é linda. Adoro quando a série mantém um padrão, e a editora arrasou nessa! Por dentro, a fonte é bem confortável, com páginas amareladas.

A edição que recebi veio os 3 primeiros volumes em um só, mas você pode encontrar separadamente também. 

Abaixo os volumes nacionais (com os 3 primeiros livros; apenas o primeiro) e a versão americana:
Resultado de imagem para international guy milão san francisco e montrealResultado de imagem para international guy milãoResultado de imagem para international guy milão san francisco e montreal

Beijão! 

2 comentários:

  1. Olá,
    Eu li parte do primeiro daoutra série dela, lembro que não curti muito a escrita. Mas vou acabar olhando esse pq curti a capa e o trabalho com a fonte.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nana!
      Eu também não sou uma grande fã de AGDC. Espero que faça uma ótima leitura!

      Beijão

      Excluir

Olá! Deixe seu comentário. Eu vou adorar ler e respondê-lo. <3

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial