navegar pelo menu
28.5.18

Uma Estranha em Casa - Shari Lapena | RESENHA

Foto: Leitora Cretina
Olá, leitores! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro "Uma Estranha em Casa" da Shari Lapena (autora de "O Casal da Casa ao Lado"), publicado aqui no Brasil pela editora Record.


Resultado de imagem para uma estranha em casauma estranha em casa
shari lapena
Volume Único
Editora: Record
Ano: 2018
Ficção / Literatura Estrangeira / Suspense e Mistério
Páginas: 266
       | ADICIONE NO SKOOB
SINOPSE: Karen Krupp acorda no hospital, sem ter a menor ideia de como foi parar nele. Tom, seu marido, diz que a porta estava destrancada quando ele entrou em casa, as luzes acesas, e que a esposa provavelmente saiu às pressas quando estava preparando o jantar, pelo que ele viu na cozinha. Karen perdeu o controle do carro enquanto dirigia a toda a velocidade e bateu de frente num poste. O mais estranho: o acidente aconteceu num dos bairros mais perigosos da cidade. 
A polícia suspeita de que Karen esteja envolvida em algo obscuro, mas Tom tem certeza de que não. Ele está casado com ela há dois anos, conhece muito bem a mulher. Será mesmo? Vai perguntar tudo a Karen quando chegar ao hospital, depois de dizer que a ama e que está feliz por ela ter sobrevivido, é claro. Mas Tom não obtém resposta nenhuma... porque ela não se lembra de absolutamente nada.
Foto: Leitora Cretina
ENREDO:
Karen Krupp e Tom Krupp são o casal perfeito, mas tudo está prestes a mudar quando Tom chega do trabalho e não encontra a mulher em casa... seu celular e bolsa foram deixados para trás e a janta estava sendo preparada, tudo indicando que Karen saiu às pressas de casa; mas por quê?

Quando Karen é encontrada, ela vai direto para o hospital pois sofreu um acidente de carro em um dos bairros mais perigosos da cidade e não consegue se recordar de nenhum momento do acidente, nem do motivo de estar naquele bairro.
Foto: Leitora Cretina
MINHA OPINIÃO:
A história me prendeu do começo ao fim; confesso que estava meio receosa quanto a premissa do livro, já que essa história de perda de memória está bem saturada nos livros e filmes de suspense, mas acabei curtindo como esse fato foi colocado e explorado em "Uma Estranha em Casa", principalmente porque isso não foi a grande problemática do livro.

O grande centro do livro é o motivo que leva Karen a sair de sua casa, do nada, sem avisar ninguém, para ir a um bairro muito perigoso e sofrer um acidente. Um outro ponto que me chamou atenção foi que o leitor tem a sensação de que o mistério é resolvido no meio do livro, mas muitas reviravoltas acontecem, até a última página.
Foto: Leitora Cretina
O livro é todo narrado em terceira pessoa, mas a autora faz questão de dar apenas os fatos que nos importam naquele momento, sem revelar demais. Os capítulos são bem curtos (3 ou 4 páginas em média), o que, na minha opinião, torna a leitura muito mais rápida e fluida.

Acredito eu que o livro até daria um bom filme de mistério e suspense, pois ele não é nada parado, o tempo todo temos algumas revelações que nos fazem pensar sobre a veracidade deste.

SOBRE A EDIÇÃO:
Eu adorei essa capa, muito misteriosa! Por dentro o livro tem páginas amareladas e uma fonte grande, ótimo para passar o dia todo lendo (como eu fiz, hahah). A editora optou por manter uma capa semelhante a original.
Resultado de imagem para a stranger in the houseResultado de imagem para uma estranha em casa

O que acharam? Ficaram curiosos com essa história?
Beijão!

14 comentários:

  1. Oie, tudo bem?
    Primeira vez te visitando. <3
    Adorei a dica. Sou fã de thrillers e esse título já está na wishlist.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Priscilla! Tudo ótimo e você?
      Muuuito obrigada pela visita, sua linda, espero que volte mais vezes! <3.

      Beijão

      Excluir
  2. Oi, Mô!
    Realmente esse lance de perda de memória já saturou, mas parece que a autora soube trabalhar bem. Agora eu fiquei foi curiosa com essa saída do nada da Karen hahahaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lu!!
      Que bom que ficou curiosa, linda. Espero que dê uma chance pro livro!

      Beijão

      Excluir
  3. Oii,Mô!
    Este livro me lembrou A garota no trem,a protagonista também teve uma perda de memória e o livro inteiro foi ela tentando descobrir o que realmente havia acontecido. Provavelmente irei gostar deste livro tanto quanto gostei de A garota no trem, pois fiquei extremamente presa à leitura. Irei procurà-lo depois. Adorei a resenha!

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai AMAR esse livro

      Excluir
    2. Olá, Lí!
      Já ouvi falar muito bem de A Garota no Trem! Tem até filme, né? Também sou bem curiosa pra ler esse livro!

      Beijão

      Excluir
    3. Olá, Maria!!
      O "A Garota no Trem"? Parece ser um livro muito bacana mesmo!! Já viu ao filme?

      Beijão

      Excluir
  4. Li sua resenha hoje pela manhã e fui atrás do livro, acabei de terminar de ler! Totalmente viciante, daria um ótimo filme, mas acho q deveria ter uma continuação (igualmente boa, pois o final foi MARAVILHOSO)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maria!
      Que tudoooo! Fico super feliz em saber que você gostou! Ele é muito bom, né?
      Hahha, verdade! Quero uma continuação já!! E esse final dá brecha pra continuação mesmo! :D.

      Beijão

      Excluir
  5. Parece que daria um ótimo filme mesmo!

    Se quiser participar, estou sorteando alguns livros lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/05/sorteio-de-livros.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vi!
      Seria um filme que te prende do começo ao fim, o mistério é lançado logo de cara.
      Obrigada pelo convite!

      Beijão

      Excluir
  6. Oi Mônica, tudo bem?
    Apesar de não ter o thriller como um de meus gêneros favoritos, me surpreendi com a narrativa bem tramada de Shari Lapena. É de uma escrita simples, sem metalinguagem e/ou uso muito complexo da língua e, ainda assim, não deixa nada a desejar para thrillers maiores e mais complexos. É fato que, ao menos neste livro, fica claro que a autora trabalhou muito mais o desenvolvimento e crescimento das personagens em detrimento de uma narrativa mais abarrotada de acontecimentos e, para mim, essa pareceu uma boa escolha, visto que ela o fez muito bem.
    O único detalhe que me incomodou um pouco foi o último capítulo, onde a autora faz uma espécie de epílogo. A nova personalidade dada por ela à Karen, em meu ponto de vista, enfraquece a narrativa – que, por sinal, fora tão bem construída até então.
    Adorei sua resenha, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo bem sim e você?
      Concordo com você! Estou cada vez mais encantada com a escrita da Shari Lapena, que é bem mais tranquila quando comparada a outros autores.
      Eu achei aquele epílogo meio bobo, sabe? Coisa de novela saturada, hahah.
      Fico feliz que tenha gostado! Muito obrigada <3.

      Beijão

      Excluir

Olá! Deixe seu comentário. Eu vou adorar ler e respondê-lo. <3

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial