Nunca Jamais (Never Never #1) - Colleen Hoover e Tarryn Fisher | RESENHA [BEDA 02]

02 abril

Foto: Leitora Cretina
Olá, leitores! Tudo bem?

Como alguns de vocês já devem saber, a minha meta de leitura pra esse ano é ler todos os livros da Colleen Hoover (acompanhe o andamento clicando aqui). E dessa vez o meu escolhido foi "Nunca Jamais". A história é dividida em três livros. Todos os livros foram escritos pela Colleen Hoover (autora de "O Lado Feio do Amor", "Um Caso Perdido" e "Métrica") e a Tarryn Fisher (autora de "A Oportunista", "A Perversa" e "O Impostor").


Resultado de imagem para nunca jamais colleen hoover
Título: Nunca Jamais - 01
Título Original: Never Never - 01 
Trilogia: Never Never
Volume: 01 
Autor(a): Colleen Hoover e Tarryn Fisher 
Ano: 2016 
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 192 páginas 
Nota:    
Adicione no Skoob
SINOPSE: Charlie Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar. Charlie e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.

ENREDO:
Nessa primeira parte da história somos introduzidos na vida de Charlie Wynwood e Silas Nash. Assim que o livro começa, vemos Charlie parada no corredor de sua escola tentando entender o que está acontecendo em sua volta, já que ela não consegue se lembrar de nada da sua vida. Ela não se lembra do próprio nome, nem dos seus amigos, da sua família, nem o que aconteceu no último dia.

Aos poucos vemos ela tentando interagir com os amigos da escola, sem fazer a menor ideia de quem são eles. Conforme os amigos vão falando, ela vai pegando pistas sobre sua vida e descobre que ela tem um namorado: Silas Nash, mas ela percebe que ele está agindo de uma maneira bem estranha... a questão é que Silas também está na mesma situação que Charlie: não se lembra de nada.
"Que estranho ser feita de carne, equilibrada em osso, e preenchida com uma alma que nunca conheci."
Foto: Leitora Cretina
MINHA OPINIÃO:
É realmente um livro de introdução, para o leitor entender a situação de Charlie e Silas, então, os acontecimentos que vemos nesse primeiro volume é deles tentando descobrir de forma sutil quem eles são, mas a cada página a tarefa fica cada vez mais difícil. Eles vão tendo pistas sobre si mesmos, sobre o relacionamento deles e sobre suas famílias, e essas informações os deixam confusos e perplexos.

Eles descobrem muitas coisas importantes, mas mesmo quando o livro termina, nada faz sentido para eles e para o leitor. Nós possuímos muitas informações aleatórias a respeito da vida deles, porém, poucas coisas se encaixam para resolver os grandes mistérios (descobrir porque eles estão sem memória, como eles conseguem se lembrar de atores e músicas, mas nada sobre si mesmos) e os pequenos mistérios (os problemas da vida pessoal deles).

O livro tem uma narração alternada entre os dois personagens, cada um narra um capítulo. Para mim, os melhores eram os narrados pelo Silas. Ele se mostra com o objetivo de fazer com que Charlie volte a gostar dele. Silas gosta de seguir as intuições, mesmo não tendo ideia de quem Charlie realmente é, ou o que ela fez, ele sente lá no fundo do coração que ele sempre amou ela, e isso dá todo o toque de romance na história.
"Quero sentir isso de novo. Quero lembrar como é amar alguém desse jeito. E não qualquer pessoa. Quero saber como é amar Charlie".

Já Charlie é muito mais calculista, e vemos isso pelos olhos do Silas. Ele descreve ela como uma pessoa que faz tudo com um propósito.


É agoniante acompanhar os dois tendo que lidar com pessoas que eles não fazem ideia de quem são e ao mesmo tempo tentar extrair algo sobre suas próprias vidas, não sabendo em quem podem confiar. As autoras colocam o leitor num completo breu. 

O que prende mesmo e faz o leitor querer ler a continuação é o final. Eles fazem uma descoberta que apesar de não ajudar em nada, cria uma confusão ainda maior na história.
"- Você acha que pode fazer com que eu goste de você de novo?" Eu olho para ela e balanço minimamente a cabeça. "- Não. Vou fazer com que se apaixone por mim de novo."

Eu acho válido as autoras terem quebrado a história nesse momento. Seria legal elas transformarem os três livros em um único volume, mas acho que não haveria essa apreensão que o leitor fica em saber que o livro acaba ali e precisa urgentemente do próximo volume e não simplesmente virar mais algumas páginas para descobrir. Sem contar que todos os livros são bem curtos e a passagem de tempo, pelo menos nesse volume, é de poucos dias.

Eu nunca li um livro da Tarryn Fisher, porém, com a Colleen Hoover nada na história é por acaso. Tudo tem um porquê, até o título do livro.
Foto: Leitora Cretina
SOBRE A EDIÇÃO:
Esse primeiro livro eu li em e-book, então, não tenho propriedade pra falar sobre a versão física, mas mesmo em formato digital, a diagramação das páginas é muito bonita, com desenhos e arabescos no começo dos capítulos. 

A capa eu acho linda!! E esse título pode não fazer o menor sentido agora, mas eu sinto que lá na frente ele vai.

Já leram o livro? O que acharam?
Beijão!

Você poderá gostar também:

18 comentários

  1. Oi, Mô!
    Menina, pra ser sincera não tenho vontade de ler esse trabalho da CoHo.. Sei lá, algo ainda não me deu aquele tchan pra ler
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lu!!
      São livros super curtinhos, dá pra passar o tempo, hahah.
      Vi algumas pessoas reclamando do final :(

      Beijão

      Excluir
  2. Oi Mô! u
    Menina, amei essa capa! Tudo o que me lembra água me deixa feliz, hahah.

    Beijoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cecy!
      É realmente uma capa linda demais <3

      Beijão

      Excluir
  3. Oi, Mônica. Eu li o livro e fiquei bem chateada por ele ser dividido em três, poxa, acho que fizeram isso mais pra vender do que para deixar todo mundo na expectativa. Mesmo assim, li os três em uma semana porque não me aguentava de curiosidade. Eu preferia as partes do Silas também porque a Charlie era meio difícil de engolir, e o Silas é um amorzinho, mesmo com todas as merdas que ela fazia, ele queria ficar ao lado dela, um fofo!
    Espero que goste dos outros.
    Beijo, http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Miriã!!
      Acho que essa quebra foi por uma questão pra que o leitor não ficasse muito cansado da história, eu ficaria, hahaha.
      O Silas é tão amor, ele é fofinho demais!! Sim!! Charlie é muito dura na queda, hahah.

      Beijão

      Excluir
  4. Oi, Mônica! Eu também adoro a escrita da Colleen Hooveer, mas confesso que não fiquei entusiasmada para ler esse livro. Fiquei um pouco confusa, rs. Que bom que você gostou e tomara que o final seja surpreendente! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Júlia!!
      Vou te explicar de uma forma mais simplificada: Charlie e Silas descobrem que não se lembram de nada (não sabe nem quem eles são) e aí começa uma busca dos dois de tentar entender o que aconteceu pra que eles perdessem a memória e além disso, eles estão descobrindo coisas terríveis sobre a família deles. Basicamente é isso, hahah. Espero que tenha ajudado no entendimento :D
      É um livro bem diferente do que a CoHo escreve, mas é igualmente gostoso de ler <3

      Beijão

      Excluir
  5. QUE RESENHA e as fotos estão maravilhosas demais! <3
    Eu comecei a ler CoHo ano passado e me apaixonei pela escrita dela e esse livro me conquistou assim como os outros dois que li. Confesso que agora estou morrendo de curiosidade para saber o que irá acontecer com Charlie e Silas rs

    Beijos,
    * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Muuuito obrigadaaaa <3
      Meu amor pela CoHo começou em "O Lado Feio do Amor" e desde então não parou mais, hahah.
      Eu também estou louca pra descobrir o que está acontecendo com eles e mais que isso, quem eles realmente são!

      Beijão

      Excluir
  6. Oi, Mônica, Tudo bem?
    Preciso confessar que, como fã da CoHo, Never Never é o único livro dela que eu ainda não li. Sua resenha me encheu de vontade de começar! Ah, e suas fotos como sempre estão maravilhosas! <3

    Beijos!

    Eduarda
    www.umuniversoparalelo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo sim e você?
      Ai que bommm!! Espero que você leia essa trilogia e goste também. Colleen Hoover arrasa demais <3
      Obrigaaada :D

      Beijão

      Excluir
  7. Oi, Mônica!

    Quero muito ler Nunca Jamais, ele é um dos principais livros da Colleen que me chama atenção por ter essa pegada de suspense também. Adorei a resenha ;)

    Abraços,

    Crush For Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Então com certeza você tem que ler ele! Acho que você vai gostar bastante :D
      Muuito obrigada!!

      Abraços

      Excluir
  8. Olá!!!
    Adoro livros da CoHo, mas esses não gostei.
    Já li os três e achei o enredo fraco.
    Meu preferido continuará sendo o Lado Feio do amor...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Eu também amo a CoHo e achei que esse livro é bem diferente dos que ela está acostumada a escrever, mas até o momento estou gostando (li até o segundo).
      O Lado Feio do Amor é demais! Um dos meus favoritos também <3

      Beijão

      Excluir
  9. Oi Mô! Eu estou apaixonada pela série menina! Li o primeiro livro em fevereiro, me arrisquei a ler em inglês, principalmente pela demora da publicação do último aqui no Brasil. Mas eu amo a história! Todo o enredo, o mistério, as pequenas descobertas te fazem querer mais rs. Amo o Silas e sinto um ódio pela Charlie rs. Eu super indico também! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Isadora!
      Eu li até o segundo e estou ansiosa demais pro lançamento do último!! Espero que não demore tanto. Também fiquei encantada pela história tão diferente que elas criaram.
      Silas é amorzinho demais, eu fico até com pena dele!!

      Beijãoo

      Excluir

Olá! Deixe seu comentário. Eu vou adorar ler e respondê-lo. <3

Sobre Mim

Olá! Meu nome é Mônica, me chame de Mô (se preferir). Tenho 18 anos e sou uma pisciana do amor. Sempre tive interesse em fazer faculdade de Direito e hoje realizo esse sonho. ╔ Leia Mais

Curta a página no Facebook