Um Caso Perdido - Colleen Hoover | RESENHA + Setembro Amarelo

9.9.16

Foto: Leitora Cretina
Olá, leitores! Tudo bem?

Colleen Hoover é uma grande autora. Apesar de até agora ter lido apenas dois livros dela, CH verdadeiramente conquistou o meu coração. "Um Caso Perdido" é o primeiro livro da trilogia Hopeless. E eu pensei que nunca um livro veio a calhar tão bem quanto esse... Este mês é o Setembro Amarelo, onde traz como tema o combate ao suicídio.
Mas vem entender como essa assunto se encaixa no livro em questão.



Resultado de imagem para um caso perdido
Título: Um Caso Perdido 
Título Original: Hopeless 
Trilogia: Hopeless
Volume: 01
Autor: Colleen Hoover 
Ano: 2014 
Editora: Galera Record 
Número de Páginas: 384 páginas 
Nota:     
SINOPSE: Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras... Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.




Sky é uma garota de 17 anos que nunca frequentou a escola, não tem televisão, computador, nem celular. Sua mãe adotiva proíbe qualquer tipo de contato com a tecnologia. No mínimo, um pouco diferente das garotas que ela conhece. A sua vizinha é a Six e também é sua melhor amiga. As duas gostam de passar o tempo com meninos, embora Sky nunca tenha passado de beijos e amassos escondidos em seu quarto. Todas as vezes que fica com um rapaz, ela não sente absolutamente nada. Ela se deita na cama e conta as estrelas que estão coladas no teto e deixa o rapaz explorar seu corpo.

Com a ida da melhor amiga para fazer intercâmbio, Sky decide que é hora de parar de estudar em casa e fazer o último ano em uma escola pública. Ao chegar lá, ela percebe que não é bem vinda por conta da sua reputação e da amiga. Bilhetes com dizeres agressivos e xingamentos são colados o tempo todo em seu armário. Mas logo ela encontra um forte aliado, Breckin.
Foto: Leitora Cretina
Em um momento inusitado no mercado, ela se depara com um garoto bonito. Ele encara Sky de uma forma ainda mais estranha e quando ela sai, ele a segue até o carro, querendo saber quem é ela.

Ela descobre que o garoto é Dean Holder, uma pessoa que todos preferem ficar longe. Muita coisa é dita sobre ele, que é explosivo, que passou um ano preso e por isso não frequentou esse último ano da escola.

O destino parece puxar os dois. Sky adora correr e certo dia, depois de estar exausta, ela para em frente a uma casa para descansar e se depara com Holder. A atração parece ser sem limites, entretanto, Sky acaba conhecendo "vários" Holder... a cada momento ele está com uma personalidade diferente.

Depois de conhecer o rapaz, sonhos e pensamentos estranhos começam a aparecer na mente de Sky. Ela não entende nada e nem o que aquilo tem a ver com Holder. 

O livro vai trazer muitas revelações sobre Sky que vão chocar tanto ela, quanto o leitor. Além disso, há também o passado de Holder, mas senti que o seu paradeiro ficou algo secundário, pelo menos nesse livro.
"(...) não existe escolha certa - diz ele - Às vezes precisamos escolher entre um monte de escolhas erradas, sem a possibilidade de nenhuma certa. Você simplesmente tem de decidir pela escolha errada que parece menos errada."
Foto: Leitora Cretina
A família de Holder é abalada. Os pais se separaram, ele não conseguia lidar com os problemas e a irmã cometeu suicídio. E o livro retoma isso de várias formas, apesar de não ter sido tão aprofundado. "Um Caso Perdido" tenta mostrar como as pessoas próximas ao suicida se sentem, apresentando como elas possuem várias interpretações para o caso.

O foco do livro é basicamente as descobertas que Sky faz, mas também há o romance. Eles formam um casal com muitos problemas e juntos tentarão buscar apoio.

Foi um livro que me fez chorar. É recheado de drama e situações que muitas pessoas infelizmente enfrentam, e além disso, mostra como as pessoas tem maneiras diferentes de lidar com seus problemas.
"Não vou ficar desejando uma vida perfeita. As coisas que nos derrubam na vida são testes, e esses testes nos forçam a escolher entre desistir, ficar caída no chão ou sacudir a poeira e se levantar com ainda mais firmeza que antes. Estou escolhendo me levantar com mais firmeza. Provavelmente vou ser derrubada mais algumas vezes antes da vida se cansar de mim, mas garanto que nunca vou ficar caída no chão."

Os personagens são bem construídos e esse enfoque que a autora deu para a Sky e outro livro para o Holder foi algo inteligente para que possamos focar em cada um e explorar melhor esses lados.

A escrita da autora é maravilhosa. Extremamente envolvente! Algumas pessoas podem não gostar, mas as narrações dela são extensas, apesar de ter muitas divisões de capítulos. 

O que mais me encantou foi o encaixe perfeito dos problemas, as consequências que ele acarretou e as descobertas.
Foto: Leitora Cretina
"Fui convidada para fazer parte da campanha Setembro Amarelo! E eu adorei a ideia.
Para quem não conhece, o Setembro Amarelo é o mês de combate ao suicídio.
Já vi relatos de pessoas que tentaram suicídio, de pessoas que queriam se suicidar e isso mexe muito comigo porque é algo extremamente sério. Ninguém sabe pelo o que o outro está passando. Ela pode estar sorrindo, rindo e aparentemente se divertindo, mas não podemos ver o que se passa em sua casa, na sua escola, no seu trabalho, na sua mente e no seu coração.
Conversar é a melhor solução.
Sei que não dá para ser forte o tempo todo, mas sempre, SEMPRE, há outra solução.
Se precisarem de alguém pra conversar, vou estar aqui. 💛
O livro que está atrás é "Um Caso Perdido" da Colleen Hoover e há passagens sobre o tema em questão, mostrando muitos pontos de vista." - Postado no Instagram.


Beijão!

Você poderá gostar também

20 comentários

  1. Oi Mônica,
    Gostei da iniciativa desse projeto Setembro Amarelo. As suas fotos ficaram lindas, e combinaram bastante com o assunto. O livro tem uma premissa ótima, parece uma leitura envolvente. A personagem não me passou confiança (Ela não me cativou), mas quem sabe se eu ler um trecho do livro, eu possa passar a gostar. Entendeu!?

    P.S as suas fotos ficaram realmente lindas ♥

    Beijoss querida, Enjoy Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lice!
      Obrigadaaa <3
      Ah, que pena. Mas tenta ler sim, você se envolve muito com a personagem!!

      Beijão

      Excluir
  2. Olá Mônica, td bem?
    Gostei do livro,parece prometer muitas descobertas e ter muitas reviravoltas, gosto disso. De uma boa história, o passado do Holder... achei bem interessante.

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo sim e você?
      Ficou pouco explorado nesse livro, então tô louca para ler o próximo e saber mais sobre ele.

      Beijão

      Excluir
  3. Oi Mô, tudo bem?
    Adorei a sua resenha e as fotos do post, ficaram muito boas.
    Eu já tinha ouvido falar muito desse livro, contudo acho que o que mais se fixou na minha mente foi as pessoas dizendo que o livro era muito bom, mas que a leitura até a metade do livro era muito lenta, por isso, acabei não procurando saber mais sobre ele.
    Mas depois que li a sua resenha acabei me interessando ainda mais pelo livro, a temática dele é realmente muito interessante.
    Quero aproveitar também para te parabenizar pela sua iniciativa de participar da campanha "Setembro Amarelo", achei muito bacana.
    Beijos!!
    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nahh! Tudo sim e você?
      Muito obrigada, linda! <3
      Eu gostei bastante do ritmo de leitura. É que comparado ao final, as coisas acontecem num ritmo louco, é revelação atrás de revelação, por isso deve dar essa impressão.
      Obrigada, novamente! É um assunto muito importante. Precisa ser discutido.

      Beijão

      Excluir
  4. Esse livro é sensacional!
    Ganhei ele de presente de natal ano passado e não consegui parar de ler enquanto não chegou ao fim. A Collen conseguiu me surpreender mais uma vez ao tratar de um assunto tão sério de uma forma tão envolvente !
    Amei tua resenha , ficou incrível *u*
    Beijoo

    Estação 97

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Ela faz muito isso, né? Ela trata de temas sérios de uma forma que só ela consegue. <3
      Obrigada, Pathy!

      Beijão

      Excluir
  5. Oi Mô, tudo bem?

    Eu não sabia do setembro amarelo, mas achei a ideia super bacana! Não li nada da Colleen Hoover, mas gostei bastante da premissa! Excelentes dicas, como sempre!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mi! Tudo sim e você?
      Infelizmente não é muita gente que está sabendo, ele não tem sido muito divulgado :(
      Obrigadaa <3

      Excluir
  6. Baseado na fala do Holden, posso dizer que quando eu for ler esse livro: nos dois iremos nos dar bem! :D
    Adorei essa campanha, e é realmente triste! E na maioria das vezes é frustante saber que tem gente que passa por tantas coisas ruins que a unica solução que elas conseguem ver é a morte. Mas como você disse, sempre tem outra opção e é importante que nós façamos algo em relação a isso sempre que pudermos. Parabéns Mônica!
    XO ♥

    Livros e Um Segundo Mundo /

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jéssica!
      Olha, pode ser que no começo você fique com uma raivinha do Holder, haha.
      Exatamente!! Ajudar é muito importante.
      Obrigada, linda <3

      Excluir
  7. Oi Monica! Colleen Hoover é a autora da minha vida, não consigo não me apaixonar pelos livros dela. Um Caso Perdido realmente mexe um pouco com a gente né? Uma história tão bem escrita e fala muito sobre as coisas que andam acontecendo no mundo.

    Acho o Setembro Amarelo uma iniciativa muito boa, pois realmente nunca sabemos o que se passa na cabeça do próximo!!!

    Amei a resenha.

    Beijinhos.

    www.besidethebooks.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Ela é uma das melhores mesmo! Mexe demais, Maiara. É impossível você não grudar os olhos no livro.
      Obrigada, linda <3

      Beijão

      Excluir
  8. Oi Mô!! Adorei a iniciativa, a Sinéia me marcou no insta e estou esperando um momento de boa em casa para fotografar e participar. Acho que qualquer gesto que visa "notificar" o tema ajuda (e muito) na conscientização.
    Sobre a resenha, já disse que tenho muita curiosidade em conhecer a escrita de Colleen, e a Taty já me recomendou esse livro várias vezes rsrs. Quero conhecer a história, fiquei mexida com todos esses segredos existentes entre os personagens (preciso saber o que é), enfim, será o próximo livro que pegarei emprestado da cunhada.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bia!!
      Eu concordo contigo! É um tema que precisa ser discutido.
      Nossa, eu amo a escrita da CH, vale muito a pena, viu? Li dois livros dela e me apaixonei. Tô doida pra ler Talvez Um Dia!

      Beijão

      Excluir
  9. Adorei o livro, a sinopse e a resenha, parece ser uma leitura sensacional, acho que é importante falar sobre o assunto e conscientizar todos ao nosso redor, alguns acham que é besteira, mas suicídio é algo sério que acaba com a vida de muitas pessoas todos os dias.
    Art of life and books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Obrigada!
      Exatamente. É um problema muito sério que não podemos deixar pra lá. Ajude a levar a campanha para frente <3

      Beijão

      Excluir
  10. Um dos meus livros prediletos! Colleen Hoover é minha escritora predileta. Amo as histórias que ela escreve e acima de tudo, a forma como escreve. Simplesmente entretém de uma forma incrível. Já li Um Caso Perdido faz um bom tempo e tanto o foco da história quando o desenvolvimento e o final são surpreendentes. Acho que o suicídio, foi um tema super válido a ser abordado no livro, mas o segundo livro, do Holder (Sem Esperança), aborda o assunto de forma mais realista e detalhada, principalmente porque a gente vê a perda aos olhos do Holder e da família dele. Mas os dois livros se encaixam bem nesse mês importante de lutar contra algo tão pouco levado a sério, mas nem por isso um problema pouco grave. Adorei a iniciativa e se você ainda não leu, recomendo muito ler o outro livro. E se já leu, espero muito uma resenha sua ;D Beijos!
    http://messtheclassic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      CH está virando uma das minhas autoras favoritas também! Adoro a escrita dela e os assuntos que aborda.
      Ainda não li "Sem Esperança", mas já estou com ele em mãos. Provavelmente será a minha próxima leitura! Muito ansiosa para ler <3
      Pode deixar que assim que ler, venho aqui com a resenha!

      Beijão

      Excluir

Olá! Deixe seu comentário. Eu vou adorar ler e respondê-lo. <3

Copyrights

O conteúdo encontrado aqui foi criado pelo Leitora Cretina. Caso contrário, sempre será dado os devidos créditos. Se você se interessou por alguma imagem, foto ou post de autoria do Leitora Cretina e quer compartilhar em outro lugar, por favor, coloque os créditos.
Layout: ThemeXpose
Header: Mônica

Curta a página no Facebook