Resenha: Real

11.8.14



Olá, leitoras! Como estão? Ando fazendo bastante resenhas para vocês não é? É porque estou tendo alguns momentos livres e aproveito para ler. 

Lembra que eu contei para vocês no Instagram e aqui que havia comprado o livro Real da Katy Evans? Então, assim que terminei de ler um livro que estava antes dele, eu corri para conhecer a história de Remington Tate e Brooke Dumas.



Com toda certezaaaaa esse se tornou um dos meus livros favoritos. Ele é do gênero new adult mas ele é tão romântico... 
Vou contar um pouquinho da história antes de me aprofundar na minha opinião sobre o primeiro livro da série. 

O livro já começa bem, logo nas primeiras páginas a autora coloca a Playlist do livro, então quando acontece determinada coisa e toca a música você pode conhecer e ouvi-la, o que deixa o livro ainda mais lindo.


Real é narrado pela Brooke Dumas que é pressionada a ir assistir uma luta com a sua amiga, que por sua vez quando Remington Tate entra no ringue, ela grita, elogia, assim como todas as mulheres, mas Brooke não tem a mesma reação, apenas sente a excitação só de olhar para ele. Remy parece sentir isso e após o término de sua luta vai atrás dela.


"-Eu te desafio a olhar pra ele e me dizer que não faria qualquer coisa por aquele homem.”


Remington Tate é um homem sexy, musculoso e dedicado, um lutador não-legal que até então nunca tinha se interessado por ninguém até ver Brooke em uma de suas lutas. Você já fica sem fôlego na primeira cena do livro.


Brooke sofreu uma grande humilhação quando era menor, o que a deixou distante do seu sonho, então, ela se tornou uma fisioterapeuta e o objetivo dela é cuidar do corpo de Remy, só que algo acontece...

Remy a partir de então só consegue lutar se ela estiver assistindo-o e assim ele adotou uma espécie de "mandinga" antes de todas as suas lutas (todas as vezes fazem você suspirar). Remy acaba se tornando um pouco possessivo e descontrolado em determinadas situações que ele pode encontrar (que você só vai descobrir se ler! hahahah).

Sei que muitas pessoas vão comparar "Real" com "Belo Desastre", eu como grande fã de BD digo que não tem muitas coisas em comum, são coisas mínimas que nem se percebe enquanto está lendo.


"Remington Tate tem a reputação de ser um bad boy, dentro e fora dos ringues. É conhecido também pelo corpo escultural e pelo poder, sexy e selvagem, que emana de cada gota de suor, levando toda e qualquer mulher que o veja a um verdadeiro frenesi. Em seus olhos, brilha um desejo brutal, devastador e REAL. Brooke, uma especialista em fisioterapia esportiva, é contratada para manter aquele corpo funcionando como uma máquina mortal. Esse parecia ser seu emprego dos sonhos, mas, ao circular pelo perigoso circuito de lutas clandestinas com Tate e sua equipe, Brooke passa a ser dominada por um novo sentimento, um fogo e uma necessidade com os quais ela não sabe lidar. O que começa com um simples flerte pode virar uma obsessão sexual incontrolável. Terríveis segredos serão revelados, e Brooke deverá lutar para manter-se sã, discernindo o que há de real e o que é pura ilusão em seus próprios sentimentos."


E aí, vamos conhecer Remington Tate da vida real?



Jed Hill

Como eu havia dito no início, o livro possui uma Playlist e a principal faixa é Iris - Goo Goo Dolls. Ouça a música e se apaixone tanto por ela quanto pelo livro.


Você poderá gostar também

0 comentários

Olá! Deixe seu comentário. Eu vou adorar ler e respondê-lo. <3

Copyrights

O conteúdo encontrado aqui foi criado pelo Leitora Cretina. Caso contrário, sempre será dado os devidos créditos. Se você se interessou por alguma imagem, foto ou post de autoria do Leitora Cretina e quer compartilhar em outro lugar, por favor, coloque os créditos.
Layout: ThemeXpose
Header: Mônica

Curta a página no Facebook